Junho Vermelho

Os bancos sentiram o impacto da pandemia, mas a demanda por sangue não parou.

Com um gesto solidário e rápido, é possível salvar vidas de pessoas submetidas a tratamentos, intervenções médicas, feridos e pacientes de doenças crônicas graves que necessitam de reposição ou transfusão.

Mesmo com as restrições de distanciamento, o processo para doar sangue é seguro. Para garantir a segurança dos doadores durante a pandemia, foram criados mecanismos para evitar qualquer tipo de contaminação, com fluxos de entrada diferenciados, agendamento de horário para doações e todos os cuidados com a biossegurança. As salas de espera e de coleta foram redimensionadas para assegurar o distanciamento entre as pessoas.

Uma única doação pode salvar até quatro vidas. Por isso, doar sangue é tão importante e independe de parentesco entre o doador e quem receberá a doação. O sangue é insubstituível e, por isso, é fundamental manter os estoques sempre abastecidos e não apenas em datas específicas ou quando alguma pessoa conhecida precisar.

Siga nosso Instagram

Acompanhe nossa Fanpage no Facebook



Buscar