Junho Vermelho

Os bancos sentiram o impacto da pandemia, mas a demanda por sangue não parou.

Com um gesto solidário e rápido, é possível salvar vidas de pessoas submetidas a tratamentos, intervenções médicas, feridos e pacientes de doenças crônicas graves que necessitam de reposição ou transfusão.

Mesmo com as restrições de distanciamento, o processo para doar sangue é seguro. Para garantir a segurança dos doadores durante a pandemia, foram criados mecanismos para evitar qualquer tipo de contaminação, com fluxos de entrada diferenciados, agendamento de horário para doações e todos os cuidados com a biossegurança. As salas de espera e de coleta foram redimensionadas para assegurar o distanciamento entre as pessoas.

Uma única doação pode salvar até quatro vidas. Por isso, doar sangue é tão importante e independe de parentesco entre o doador e quem receberá a doação. O sangue é insubstituível e, por isso, é fundamental manter os estoques sempre abastecidos e não apenas em datas específicas ou quando alguma pessoa conhecida precisar.

A importância do uso das máscaras

As máscaras funcionam como uma barreira física para a liberação dessas gotículas no ar quando há tosse, espirros e até mesmo durante conversas. Seu uso é importante principalmente em locais em que não é possível manter uma distância mínima de segurança. Apesar de sua eficácia, seu uso deve ser acompanhado de outras medidas de proteção como limpeza frequente das mãos e distanciamento físico de 2 metros de outras pessoas.

Para utilizar sua máscara de forma correta, siga os passos a seguir:

  • higienize suas mãos antes de colocar a máscara;
  • verifique se a máscara está em bom estado e não contém nenhum buraco ou rasgo. Não deve ser feito o uso de máscaras danificadas;
  • coloque-a de maneira que cubra o nariz, boca e queixo, sem deixar espaços vazios nas laterais;
  • evite tocar na máscara enquanto a usar, principalmente em sua parte frontal;
  • troque a máscara caso ela fique molhada ou suja;
  • higienize novamente suas mãos antes de tirar a máscara;
  • retire-a por meio dos elásticos ou cordas, evitando contato com a parte frontal da máscara;
  • realize nova higienização das mãos com sabão ou solução alcoólica de pelo menos 60% de concentração. 

Para higienizar sua máscara:

  • a melhor opção é lavá-la com detergente ou sabão e água quente (pelo menos 60ºC) diariamente.
Dia Mundial de Conscientização do Autismo

A data visa ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

O Autismo não é uma doença, mas sim um transtorno do neuro desenvolvimento, conhecido por "Transtornos de Espectro Autista" - TEA.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) envolve atrasos e comprometimentos do desenvolvimento, seja da linguagem, seja no comportamento social. Os sintomas podem ser emocionais, cognitivos, motores ou sensoriais. O diagnóstico definitivo é dado após os 3 anos de idade, mas os sintomas podem ser observados antes disso e os cuidados podem ser iniciados de imediato. A incidência em meninos é maior, tendo uma relação de quatro meninos para uma menina com o transtorno.

Dia da Água

O Dia Mundial da Água é comemorado, todos os anos, no dia 22 de março. A data foi sugerida na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento de 1992, e passou a ser comemorada em 1993. A cada ano, um novo tema é escolhido, sendo o tema de 2020 “Água e mudanças climáticas”.

O objetivo do Dia Mundial da Água é promover conscientização sobre a relevância da água para a nossa sobrevivência e de outros seres vivos. Além disso, a data é um momento para lembrar a importância do uso sustentável desse recurso e a urgente necessidade de conservação dos ambientes aquáticos, evitando poluição e contaminação. A água, portanto, faz parte do nosso dia-a-dia, sendo elemento essencial para todos os seres vivos do planeta pois colabora com a manutenção da biodiversidade.

Cuide deste bem tão precioso para todos nós!

Dia nacional de combate as drogas e alcoolismo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que a dependência em drogas lícitas ou ilícitas é uma doença. O uso indevido de substâncias como álcool, cigarro, crack e cocaína é um problema de saúde pública de ordem internacional que preocupa nações do mundo inteiro, pois afeta valores culturais, sociais, econômicos e políticos.

O alcoolismo é uma doença crônica, com aspectos comportamentais e socioeconômicos, caracterizada pelo consumo compulsivo de álcool, na qual o usuário se torna progressivamente tolerante à intoxicação produzida pela droga e desenvolve sinais e sintomas de abstinência, quando a mesma é retirada. Outros fatores podem estar associados: ansiedade, angústia, insegurança, fácil acesso ao álcool e condições culturais

Todo cuidado é pouco, principalmente no caso de adolescentes e crianças. Aí está a importância de levar informação sobre os riscos relacionados ao consumo destas substâncias em excesso.

Janeiro Branco

No primeiro mês do ano – janeiro – temos o costume de refletir sobre nossa história, o sentido e o propósito da vida. Também pensamos sobre a qualidade de nossos relacionamentos, revisitamos nossas emoções, nossos últimos desafios da vida. Por este motivo, este mês foi escolhido para representar a saúde mental no Brasil, tornando-se o “Janeiro Branco“. Estima-se que em cada 100 pessoas, ao menos 30 sofrem ou sofrerão, em algum momento da vida, de problemas de saúde mental. 

Muitas pessoas, quando pensam no tema “Saúde Mental” acabam na verdade fazendo uma associação com “Doença Mental”. Entretanto, a saúde mental implica muito mais que a ausência de doenças mentais.

Estar mentalmente saudável, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é o estado de bem-estar no qual uma pessoa consegue desempenhar suas habilidades, lidar com as inquietudes da vida, é capaz de trabalhar de forma produtiva e contribuir para a sua comunidade.

Um indivíduo mentalmente saudável compreende que não existe a perfeição e que todos os seres humanos possuem limites. Também compreende que a vida real é regada de diversas emoções, como por exemplo: alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração.

Além disso, são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida.

Resumindo, a Saúde Mental de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e como lida com os seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções.

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO

Aprendemos tantas coisas com a pandemia do novo coronavírus, mas talvez a principal dela foi descobrir que sozinhos não somos nada, nem ninguém. Ao desacelerar, tivemos tempo para prestar mais atenção no outro e em nós mesmos. Aprender a identificar e a lidar com nossas próprias emoções de uma forma nunca vista antes no mundo pós-moderno. A ter um olhar mais generoso em relação a si próprio e ao próximo.

Que em 2021 não percamos nada do que aprendemos, e que cada vez mais só busquemos evoluir.

Esperança de que 2021 seja um ano de muitos abraços e com certeza melhor que 2020. Muita saúde e prosperidade na vida de todos são os nossos votos.

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

Siga nosso Instagram

Acompanhe nossa Fanpage no Facebook



Buscar